Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cães dos Bombeiros ajudam na recuperação de pacientes em hospital de Curitiba

(Foto: Larissa Portes/Sesp) - Cães dos Bombeiros ajudam na recuperação de pacientes em hospital
(Foto: Larissa Portes/Sesp)

Equipes do Grupo de Operações e Socorro Tático (Gost) do Corpo de Bombeiros do Paraná promoveram nesta quinta-feira (20) uma atividade de cinoterapia, no Hospital Evangélico de Curitiba. A ação teve como intuito auxiliar na reabilitação das crianças internadas, a partir do contato com cães, como método de terapêutica. 

A corporação levou a Suzi, o Thor e a Mali, três cães que, segundo especialistas, contribuem para a recuperação dos pacientes. Conforme a equipe médica local, esse tipo de terapia melhora aspectos psicossociais e patológicos da pessoa, diminuindo o tempo de internamento hospitalar, além de melhorar o vínculo das crianças com a comunidade, com os pais e com os médicos. “A gratificação em ajudar pessoas de uma forma tão simples é o que mais marca. A gente tem a certeza que está realizando uma atividade benéfica e isso é bastante importante”, conta o tenente Pimenta, do Gost.

Durante a ação, os bombeiros passaram por diversos leitos do hospital com os animais. Entre as crianças que receberam a visita da equipe de bombeiros estava Tiago de Souza Silva, 12 anos. “Achei bem interessante, principalmente pela presença dos três cães”, disse.

BENEFÍCIOS

Uma das profissionais que atende na ala de pediatria do hospital, Samara Damin, explica que esse tipo de atividade faz bem às crianças e é bem recebida na instituição. A funcionária também comenta sobre o atendimento oferecido nos leitos clínicos. “Nós buscamos manter um ambiente o mais próximo possível daquele em que os pacientes teriam em casa ou na escola”, diz ela.

De acordo com o enfermeiro e coordenador do Grupo de Trabalho Humanizado do hospital, Cristiano de Oliveira, esses projetos de reabilitação garantem ao paciente um tratamento diferenciado. “Além de atividade em conjunto com o Corpo de Bombeiros, oferecemos oficina de gestantes, um programa de auxílio para que os pacientes parem de fumar e outras atividades aos nossos pacientes”, relata.

Informações da AEN