Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Campanha contra o Aedes aegypti é intensificada

(Foto: Colaboração redesuldenoticias.com.br) - Campanha contra o Aedes aegypti é intensificada
(Foto: Colaboração redesuldenoticias.com.br)

A campanha contra o mosquito da dengue está sendo intensificada em Irati. Depois de ter registrado 229 focos do mosquito apenas no mês de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde formou uma força-tarefa para fiscalizar os locais com potencial para o desenvolvimento de criadouros do Aedes Aegypti, com atenção redobrada aos lugares reincidentes.

De acordo com a coordenadora de endemias da Secretaria de Saúde de Irati, Tiellen Chapiwski, a área mais afetada é o centro da cidade, com 50 focos encontrados, sendo que a maioria estava em residências.

“Nessa etapa da campanha, estamos fazendo um levantamento dos lugares que são reincidentes de suspeita de dengue. Mapeamos terrenos e casas para que a equipe de fiscais vistorie novamente esses locais, fazendo a conscientização e advertência, se necessário, bem como a aplicação de multa, caso sejam encontrados novos focos de dengue nos locais”.

Em caso de identificação de foco do mosquito a multa pode chegar a R$ 750. O setor de endemias também está analisando outras 53 amostras suspeitas, que ainda não tiveram comprovações da presença do mosquito. Segundo a Secretaria de Saúde, do início do ano até agora, foram registradas 15 pessoas com suspeita de dengue em Irati. Apenas um dos casos foi comprovado, constatando-se que a pessoa havia sido infectada no seu local de origem, em Roraima, mas apresentou os sintomas quando passava por Irati.

Colaboração redesuldenoticias.com.br

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo