Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Deputados rejeitam veto e permitem visita de animais domésticos em hospitais

(Foto: Divulgação) - Deputados rejeitam veto e permitem visita de animais em hospitais
(Foto: Divulgação)

Em votação na tarde desta quarta-feira (23), os deputados da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) rejeitaram o pedido do governo do estado para proibir a visita de animais domésticos e de estimação em hospitais privados, públicos contratados, conveniados e cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS). A rejeição ao veto foi feita por 32 deputados, contra sete que pediram a proibição.

Pelo projeto, fica regulamentado que cada estabelecimento médico criará as normas para o ingresso dos animais para a visitação de pacientes. No caso de cachorros, além da coleira, quando necessário, o animal deverá estar com um enforcador e focinheira. Também será exigida a vacinação atualizada e higienização do animal.

No pedido de proibição, o Executivo alegou que a “humanização da assistência à saúde é um objetivo a ser alcançado pelas instituições públicas e privadas e deve ocorrer na forma de um processo contínuo e estruturado”.

O deputado Hussei Bakri (PSD), autor do Projeto de Lei, disse que “a atividade terapêutica assistida por animais se insere nas práticas humanizadas exaltadas pela Organização Mundial de Saúde, que se utilizam do animal como parte integrante do tratamento psicológico do paciente”.

Com a derrubada do veto, o projeto retorna ao Poder Executivo para que seja promulgado. Caso o governador Beto Richa recuse a promulgação, o projeto retorna à Assembleia para que seja promulgado pelo presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Com informações da ALEP