Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Estudantes de Campo Largo são destaque em concurso científico

(Foto: Arnaldo Alves / ANPr) - Estudantes de Campo Largo são destaque em concurso científico
(Foto: Arnaldo Alves / ANPr)

A pesquisa realizada pelos alunos do Colégio Estadual Desembargador Clotário Portugal, em Campo Largo, teve destaque no concurso científico Garatéa - Uma Missão Lunar. O projeto ficou em quarto lugar entre as dez melhores pesquisas do Brasil desenvolvidas por alunos de escolas públicas e particulares.

Os estudantes do Ensino Médio analisaram os efeitos do veneno da abelha com e sem a interferência da gravidade. A pesquisa ‘Ação da Apitoxina em Imponderabilidade’. Foram 27 horas de pesquisas, que colocaram em prática as metodologias de pesquisas científicas.

“Eles entenderem e aplicarem o método científico e isso proporcionou um crescimento como pesquisadores e protagonistas, além do aprofundamento no conteúdo relacionando com assuntos de várias disciplinas. Acredito que eles foram protagonistas porque pesquisaram e aprofundaram no assunto por conta própria”, comentou a professora de Física, Eliana Lopes Ferreira.

Os três trabalhos mais bem avaliados serão enviados para análise da agência espacial americana, a Nasa. “É uma experiência que incentiva o aluno a exercer seu protagonismo e prova que podemos fazer algo a mais e também reforça a importância do trabalho em equipe e da construção coletiva do conhecimento”, disse o estudante do 2° ano, Diogo Felipe Marchiori, de 16 anos.

Luiz Gustavo de Oliveira Nascimento, de 17 anos, do 3° ano, destacou a oportunidade de aprofundar os conhecimentos vistos em sala de aula aplicados à metodologia científica. “É uma chance para experimentar outras formas de conhecimento além do que estamos acostumados a ver em sala de aula e também para aprofundar os estudos em algo do nosso interesse”, afirmou Nascimento.

A equipe de alunos pesquisadores é formada por Luiz Gustavo de Oliveira Nascimento 17 anos (3° ano), Nathalia Marina de Lara, de 17 anos (3° ano), Ana Caroline Zeribeto, de 17 anos (3° ano), Diogo Felipe Merchiori, 16 anos (2° ano) e Thiago Augusto Nogueira de Andrade, 15 anos (1° ano), com colaboração das professoras de Biologia, Beatriz Zanetti; e de Ciências, Joelma Custódio.

Colaboração AEN

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo