Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Lombalgia não é doença e tem tratamento

(foto: Divulgação) - Lombalgia não é doença e tem tratamento
(foto: Divulgação)

Muita gente imagina que a lombalgia seja uma doença e que sua cura é quase impossível. Pois quem pensa desta forma, está enganado. A lombalgia é uma dor que pode aparecer de forma aguda ou crônica e tem tratamento.

As fortes dores causadas pela forma aguda podem estar ligadas diretamente aos maus hábitos posturais do dia a dia. Exemplos não faltam: má postura, abaixar-se de forma errada ou então carregar um objeto muito pesado são causas frequentes para as dores na região lombar. A crônica, por sua vez, não é a dor que incomoda, mas sim a frequência e é mais comum em pessoas acima dos 50 anos de idade.

O ortopedista Arício Tavares, do Instituto de Vídeo-artroscopia, Ortopedia e Traumatologia (Ivot) de Londrina, reforça que a lombalgia tem tratamento e que ela não deve ser ignorada pelo paciente. “O tratamento na maioria das vezes está num simples repouso e na medicação correta através de analgésicos e anti-inflamatórios. Nem sempre é necessário um exame de ressonância, mas o paciente deve estar atento, pois uma lombalgia aguda pode vir a se tornar crônica e causar sérias inflamações”, alerta o especialista em coluna.

Ainda segundo o médico, assim como o tratamento, a prevenção também é muito simples. “A correção postural, seja no serviço ou na escola, é um bom início. Praticar exercícios apropriados, como alongamentos e pilates, e que não exijam muito da coluna, evitar colchões muito moles ou exageradamente duros são algumas dicas”, indica Tavares.