Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Município suspende aulas após surto de meningite

(Foto: Colaboração Umuarama.portaldacidade/PDNNotícias) - Município suspende aulas após surto de meningite
(Foto: Colaboração Umuarama.portaldacidade/PDNNotícias)

O prefeito de Santa Cruz do Monte Castelo, Fran Boni, lançou nas redes sociais um vídeo, falando a respeito do surto de meningite viral que se registra no município, e que devido a isso estão suspensas as aulas no município já a partir desta quarta-feira (18).

A cidade tem oito casos confirmados da doença, sendo que um paciente está internado. Entre os doentes, há crianças e uma mulher grávida. Outros três casos ainda são considerados suspeitos.

A preocupação do prefeito e das autoridades na área da saúde do município, é a não existência de uma vacina para combater a meningite viral, e que a única maneira de combatê-la, é a não aglomeração, em especial das crianças, por este motivo a suspenção das aulas e do atendimento em creches no município.

A meningite viral é uma doença grave que provoca sintomas como dor de cabeça forte, febre e rigidez do pescoço, devido à inflamação das meninges, que são o tecido que envolve o cérebro e a medula.

Geralmente, a meningite viral tem cura e é mais fácil de tratar que a meningite bacteriana, sendo apenas necessários remédios analgésicos e antipiréticos para aliviar os sintomas.

A meningite viral pode ser transmitida de uma pessoa para outra e, por isso é importante adotar medidas de prevenção, como lavar as mãos e evitar o contato próximo com pacientes, especialmente durante o Verão, que é quando a doença é mais frequente.

O tratamento para meningite viral dura cerca de 7 dias e deve ser feito em isolamento no hospital por um neurologista, no caso do adulto, ou por um pediatra, no caso da criança.

Não existe um antiviral específico para a meningite viral e, por isso, são utilizados analgésicos e antipiréticos, como o Paracetamol, e injeções de soro para aliviar os sintomas e hidratar o paciente até que o vírus seja eliminado do organismo.

Colaboração Umuarama.portaldacidade/PDNNotícias

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo