Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pais com crianças reclamam da demora no atendimento na UPA João Samek

Pais com crianças pequenas reclamam do mau atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) João Samek, em Foz do Iguaçu. A reportagem do Massanews foi ao local na noite desta quarta-feira (23), após receber queixas de leitores.

Muita gente estava revoltada por falta de atendimento. Pais com filhos doentes no colo aguardavam horas pela consulta médica. Aline é comerciante e esperava por um médico para a filha de um ano há quatro horas. A menina estava com 40 graus de febre. "A saúde está um caos e não tem pediatra para atender as crianças", disse.

A situação se repete com outra família. Com pressão alta, a mãe da Claudiene espera por atendimento há três horas. Ela também estava indignada com a demora.

A reportagem tentou contato com a enfermeira responsável pelo período da noite, mas não conseguiu entrevista. Em conversa informal, um dos funcionários da UPA disse que o pediatra não comparece ao trabalho por atraso de pelo menos três meses no salários. No momento, segundo ele, há quatro clínicos gerais disponíveis na unidade.

De acordo com Claudio Pamplona, responsável pela UPA, a prioridade de atendimento é feita conforme a classificação de risco. Ontem, a UPA estava lotada, na qual foram atendidas 507 pessoas, sendo 157 crianças. Ele ainda informou que três médicos trabalhavam durante o turno. A unidade está sem pediatra.

Colaboração: Roberta Campos/Rede Massa.