Cinemateca de Curitiba exibe mostra de filmes portugueses neste domingo

Neste domingo (23) os cinéfilos de Curitiba contam com uma programação especial na Cinemateca de Curitiba, que exibirá uma mostra de filmes portugueses inéditos e dirigidos por dois jovens. As sessões acontecem às 18h e contam com quatro obras. Após as exibições ainda será realizado um debate. 

O evento é gratuito e realizado na Cinemateca de Curitiba (Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco). A mostra tem filmes de animação, documentário e dramas e todos são de curta duração, variando entre 5 e 29 minutos. 

O primeiro filme é a animação Nós, curta-metragem de 5 minutos dirigido e roteirizado por Nelson Fernandes, conhecido por seus trabalhos nos filmes Mesa (2008) e O Abrigo (2012). Em preto e branco, o curta tem classificação livre e mistura várias técnicas de stop motion. Sua sinopse propõe uma viagem pela condição humana em conflito passando por temas como a guerra, a solidão, a natureza, as travessias e os sonhos caídos. 

Em seguida, a programação conta com o Making Of Completo de Nós, um documentário, também dirigido por Nelson Fernandes, que mostra o processo por trás da animação Nós e as técnicas artísticas e arsenais usadas.

Em seguida, entram na sessão dramas dirigidos por Mário Fernandes. O diretor é conhecido por outros filmes como Times are Changing, not me(2012), Sem Abrigo (2012) e O Atirador (2013). 

Obcessão por Leonard Cohen

O primeiro deles é The Last Day of Leonard Cohen in Hydria, que pode ser traduzido como o Último dia de Leonard Cohen na Hidra. O filme é simples mas único e acompanha um detetive sentimental que se torna obcecado por uma fotografia que contêm as memórias de Leonard Cohen e Marianne Ihlen, na ilha Hydra, na Grécia. O longa tem duração de 29 minutos, classificação de 14 anos e foi lançado em 2021.

O segundo filme de Mário Fernandes é MNEMOSYNE, que conta a história de uma viagem de uma mulher enlutada pela Grécia de todos os tempos. O filme tem 16 minutos e foi lançado em 2022.

A Cinemateca foi criada em abril de 1975 e busca preservar a memória cinematográfica , pesquisa, documentação, formação e difusão do cinema e da arte. O local é o único em Curitiba que ainda conta com reprodução de filmes em películas, além de contar com um enorme acervo de longa-metragens.

Informações da Prefeitura de Curitiba