Dona do Facebook vai anunciar demissão em massa nesta quarta

O jornal de economia norte-americano Wall Street Journal publicou nesta segunda-feira (7) que empresa dona do Facebook, a Meta, planeja demissões em massa nesta semana. De acordo com fontes da publicação especializada, os cortes podem ser considerados os maiores entre as empresas de tecnologia, que agora têm passado por dificuldades. 

Durante o ano de 2022, as ações da empresa de tecnologia vem perdendo valor e até agora a Meta desvalorizou mais de 70%. Segundo o relatório da Meta, os resultados do trimestre correspondente entre julho a setembro apontam para uma variação negativa da receita de 4%: passando de US$ 29 bilhões em 2021, chegando a US$ 27,7 bilhões neste ano. O aumento de custos e despesas em subiu 19%, chegando a US$ 22,05 bilhões.

Em setembro, a empresa que também é dona dos aplicativos Instagram, WhatsApp, além da empresa de realidade virtual Oculos, relatou ter mais de 87 mil funcionários. 

“Embora enfrentemos desafios de receita de curto prazo, os fundamentos estão lá para um retorno a um crescimento mais forte da receita. Estamos nos aproximando de 2023 com foco na priorização e eficiência que nos ajudarão a navegar no ambiente atual e emergir como uma empresa ainda mais forte. “, diz Mark Zuckerberg, fundador da Meta, em comunicado aos investidores em setembro.

O anúncio das demissões está previsto para esta 4ª feira (09.nov). Funcionários já teriam sido orientados a cancelar viagens não-essenciais para esta semana.

Seria a primeira grande redução da força de trabalho em 18 anos de existência da companhia e uma das maiores no setor de tecnologia.

Informações de SBT News