Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mulher tem que se aposentar antes pois cuida da casa, diz Paulinho da Força

TÁSSIA KASTNER

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal e presidente da Força Sindical Paulinho da Força (Solidariedade) afirmou que homens e mulheres não podem se aposentar com a mesma idade porque "as mulheres têm que cuidar da casa e além disso têm que trabalhar".

"O que nós não podemos concordar é que homens e mulheres tenham o mesmo tempo de aposentadoria. Todos nós homens sabemos que os homens não lavam nem um prato quando acabam de comer. Então as mulheres têm que cuidar da casa e além disso tem que trabalhar. Então elas não podem se aposentar igual aos homens", afirmou antes da reunião das centrais sindicais para debater a proposta de reforma da Previdência proposta nesta semana pelo governo.

As centrais vão apresentar uma contraproposta à reforma.

Paulinho defendeu, no entanto, que a idade mínima para aposentadoria seja de 60 anos para homens e 58 para mulheres. Hoje não existe idade mínima para homens que completam 35 anos de contribuição ao INSS e mulheres que alcançam 30 anos de vida contributiva.

O governo quer exigir idade mínima de 65 anos para ambos os sexos e 25 anos de contribuição para a Previdência.

Apesar da contribuição de pelo menos 25 anos, para receber o benefício integral a que tem direito, o trabalhador precisará comprovar 49 anos de pagamentos ao INSS.

"Não pode você ter que trabalhar 49 anos pra se aposentar integralmente. Qual brasileiro vai conseguir trabalhar 49 anos. Vai ter que começar a trabalhar a partir dos cinco anos de idade?", questionou.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo