Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

76% dos paranaenses pretendem comprar presentes no Natal

Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas - 76% dos paranaenses pretendem comprar presentes no Natal
Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas

Uma sondagem feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR) mostra que 76,5% dos paranaenses pretendem comprar presentes para comemorar a data mais importante do comércio: o Natal. A esperança é que as vendas motivadas pelas festividades de fim de ano possam tirar 2017 do vermelho.

Apesar da melhora gradativa no comércio varejista, as vendas esse ano ainda não saíram do negativo e no acumulado de janeiro a setembro foram 0,26% inferiores ao mesmo período de 2016.

De modo geral, o número de pessoas presenteadas será maior neste ano. De acordo com a sondagem, 75,2% dos entrevistados pretendem presentear até 5 pessoas. Em 2016 essa parcela era de 83%. Já os que planejam presentear entre 6 e 10 pessoas aumentou são 21,8%, contra 16% no ano passado. Os mais generosos, que projetam comprar presentes ou lembranças para mais de 10 pessoas, chegam a 3%, percentual que apresentou melhora com relação a 2016 quando era de apenas 1%.

Valor dos presentes

O valor dos presentes deve ser um pouco menor neste ano. O tíquete médio será de R$240,00 para a compra de todos os presentes. No ano passado, o número de presenteados era menor, mas o valor do tíquete médio era de R$292,50. Em 2015 o gasto médio nas compras natalinas foi de R$256,00 e de R$295,00 no Natal de 2014.

Formas de pagamento

O pagamento à vista será a preferência de 58% dos paranaenses. Da mesma forma que no ano passado, a maioria dos consumidores prefere pagar à vista, deixando de se endividar mais, tendo em vista que o Paraná lidera o ranking de endividamento do país.

Parcelar as compras no cartão de crédito será a opção de 28% dos consumidores. Já a compra no cartão de crédito para pagamento integral na data do vencimento será a escolha de 13%. O carnê ou crediário aparece como possibilidade de pagamento para 1% dos entrevistados.

Com informações da Fecomércio PR

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo