Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

ANTT aprova minuta de edital de subconcessão da Ferrovia Norte-Sul

(Foto: Divulgação) - ANTT aprova minuta de edital de subconcessão da Ferrovia Norte-Sul
(Foto: Divulgação)

A diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou nesta sexta-feira, 16, a minuta do edital, o plano de outorga e o contrato de subconcessão de um trecho da Ferrovia Norte-Sul, atualmente nas mãos da estatal Valec. A subconcessão será realizada por meio de um leilão, e vencerá a disputa aquele que oferecer o maior valor de outorga. A decisão será publicada na próxima semana no Diário Oficial da União.

A previsão da ANTT é que o edital seja publicado no segundo trimestre deste ano. Em tese, o leilão pode ser realizado no segundo semestre. Antes, ele precisa ser aprovado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Além disso, é necessário passar pelo crivo do Tribunal de Contas da União (TCU), que não tem prazo para concluir a análise.

A subconcessão diz respeito a dois trechos da Ferrovia Norte-Sul, que serão licitados em conjunto, para uma só empresa. Um deles é o Tramo Central, entre Porto Nacional (TO) e Anápolis (GO), com 100% da infraestrutura construída. O outro fica entre Ouro Verde de Goiás (GO) e Estrela D'Oeste (SP), com mais de 90% da construção concluída. Juntos, eles somam 1.537 quilômetros de extensão.

A construção da Norte-Sul começou em 1987. O traçado inicial tinha extensão de 1,5 mil quilômetros entre Açailândia (MA) e Anápolis (GO), mas o projeto foi ampliado e previa a construção de trechos ao norte e ao sul do País. O trecho de 720 km da Norte-Sul entre Açailândia e Palmas (TO) já é operado pela Vale.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo