Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Aplicativos de transporte já pagaram R$ 3,6 milhões à Prefeitura

(Foto: Reprodução) - Aplicativos de transporte já pagaram R$ 3,6 milhões à Prefeitura
(Foto: Reprodução)

Em três meses, as plataformas Uber, Cabify e 99 Pop já pagaram R$ 3,6 milhões à Prefeitura de Curitiba, resultado das cobranças feitas após a regulamentação do serviço de transporte particular por aplicativo na cidade. Segundo a prefeitura, ‘O valor se refere ao preço público pago pelas empresas pelo uso intensivo da infraestrutura urbana na exploração comercial do serviço que vendem aos consumidores’.

Para um comparativo, os taxistas pagam R$ 4,5 milhões por ano – em valores de outorga, ou seja, os 3 mil taxistas pagam R$ 1.350, cada e uma taxa de administração de R$ 162.

“A seguir o desempenho inicial, o transporte compartilhado destinará aos cofres municipais R$ 10 milhões a mais ao longo de um ano”, disse o secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento, Vitor Puppi.

De acordo com a regulamentação do serviço, as empresas pagam por quilômetro rodado de seus veículos em três diferentes faixas: R$ 0,08 por quilômetro para corridas de até 5 km; R$ 0,05 para corridas entre 5 e 10 km; e R$ 0,03 para corridas acima de 10 km. O valor é recolhido até o quinto dia útil de cada mês, referente ao mês anterior.

Com informações da SMCS