Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Aumenta intenção de consumo das famílias paranaenses

(Foto: Arquivo / Agência Brasil) - Aumenta intenção de consumo das famílias paranaenses
(Foto: Arquivo / Agência Brasil)

O indicador de Intenção de Consumo das Famílias teve aumento de 1,1% em outubro no Paraná, na comparação com o mês anterior. No entanto, ainda está 5% mais baixo do que o índice registrado em outubro do ano passado. Os dados estão levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo e divulgado pela Fecomercio-PR.

O indicador é composto por acesso ao crédito, perspectiva profissional, emprego atual, perspectiva de consumo, renda atual, nível de consumo atual e momento para a compra de bens duráveis. A perspectiva de consumo foi o item que mais cresceu entre setembro e outubro deste ano: 15,2%.

No Paraná, três categorias não apresentaram evolução positiva em relação ao mês anterior. A perspectiva profissional, com variação de -5,5%; o acesso ao crédito, com variação de -0,2%; e o nível de consumo atual, com a queda mais expressiva, de -5,6%.

Intenção de Consumo das Famílias no Paraná chegou a 88,8 pontos, sendo que a média nacional foi de 73,9 pontos. Apesar de mais baixo, a perspectiva nacional também tem tendência de elevação. O ideal do indicador é que ele esteja acima de 100 pontos (limitados a 200 pontos), para que a intenção de consumo seja considerada positiva.

Colaboração Fecomércio-PR