Quais são os bairros com aluguel mais caro de Curitiba?

Com a colaboração de Giselle Camargo/Rede Massa

Uma pesquisa recente realizada pelo QuintoAndar/Imovelweb revelou que o valor do aluguel em Curitiba teve uma queda de 2,57% em julho na comparação com o mês anterior, marcando uma inversão de tendência após mais de dois anos de aumentos consecutivos.

bairros-aluguel-mais-caro-curitiba
Foto: Reprodução/Rede Massa

Embora a redução seja uma boa notícia para os locatários, a alta acumulada em um ano ainda é expressiva, atingindo 21,67%. Apenas em 2023, o crescimento é de 13,26%, e esse aumento é atribuído aos reflexos da pandemia.

De acordo com o gerente de dados do QuintoAndar, Thiago Reis, durante a pandemia as pessoas buscaram sair das regiões centrais e procuraram por lugares mais espaçosos.

“Nesse período pós-pandemia, a gente viu uma reversão nessa tendência, as pessoas voltaram a procurar apartamentos um pouco menores nas regiões centrais, onde tinha oferta de emprego e transporte”, explica.

Centro Cívico lidera o aumento de preços no aluguel

O bairro Centro Cívico lidera o ranking de maior reajuste nos últimos 12 meses, com 51,2% de alta. Esse índice coloca o Centro Cívico como o bairro mais caro de Curitiba para alugar um imóvel, com o preço do metro quadrado na região chegando a R$ 55,60.

Outros bairros com aluguéis mais caros

Na sequência dos bairros mais caros para alugar em Curitiba estão:

  • Centro Cívico – R$ 55,60 por m²
  • Prado Velho – R$ 52,90
  • Centro – R$ 43,20
  • Batel – R$ 43,10
  • Rebouças – R$ 42,30
  • Capão Raso – R$ 42,20
  • Alto da XV – R$ 39,40
  • Alto da Glória – R$ 39,20
  • Mercês – R$ 38,40
  • Mossunguê – R$ 37,00

Confira também no Massa News a lista dos bairros com o aluguel mais barato na capital.

Variação de preços por dormitório

A pesquisa também revelou variações de preços com base no número de dormitórios. Para apartamentos com um dormitório, os valores chegam a até R$ 1.500.

Já para apartamentos com dois dormitórios, os preços podem atingir até R$ 1.870, enquanto apartamentos com três dormitórios têm valores de até R$ 2.140.

Curitiba em destaque no mercado imobiliário

Curitiba tem se destacado como um polo imobiliário no Brasil, mesmo com os desafios trazidos pela pandemia.

Recentemente, a cidade sediou o Cupola Conference Aluguel, um evento realizado pela Cupola, o maior hub de inteligência imobiliária do país. Durante o evento, Thiago Reis, gerente de dados do QuintoAndar, apresentou os novos índices da pesquisa.

Dica para quem vai alugar um imóvel em Curitiba

Thiago Reis também compartilhou uma dica valiosa para quem está pensando em alugar um imóvel em Curitiba.

“Aqui a gente tem um desconto médio de 3,1%, pode parecer pequeno, mas num contrato de aluguel de 30 meses, por exemplo, pode representar uma benfeitoria no imóvel e a gente sabe que isso também é um indicador de que há espaço para negociar”, orienta.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa