Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Banco Central do Chile mantém taxa básica de juros em 3,5%

O Banco Central do Chile manteve em 3,5% sua taxa básica de juros na reunião de política monetária realizada nesta quinta-feira, pelo 11º mês consecutivo, uma vez que a inflação continua fraca.

Em comunicado, a instituição destaca o aumento da volatilidade nos mercados financeiros globais após a eleição presidencial de Donald Trump nos EUA. "As condições financeiras para as economias emergentes deterioraram-se, mas estão melhores do que no início do ano", disse o banco central.

O banco central disse ainda que sua decisão também levou em conta uma taxa de inflação anual menor do que a esperada no mês passado, enquanto o crescimento econômico permaneceu em linha com as expectativas anteriores.

"O Conselho reafirma o seu compromisso de conduzir a política monetária de forma flexível, para garantir a inflação projetada em 3% ao longo prazo. Mudanças futuras na política vão depender das implicações das condições e perspectivas macroeconômicas interna e externa sobre a inflação", disse o BC em comunicado. Fonte: Dow Jones Newswires.