Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Bolsas fecham sem direção única em Nova York

As bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta segunda-feira, 14, com o setor financeiro subindo e o de tecnologia recuando, o que deixou os índices praticamente estáveis ao final da sessão.

Os investidores têm deslocado seu dinheiro desde a surpreendente vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos na terça-feira passada. As apostas dos investidores vêm refletindo expectativas de crescimento maior e inflação mais alta, levando as ações do setor financeiro e os juros dos títulos de dívida do governo a subir.

As ações de tecnologia, por outro lado, reagiram com queda à vitória de Trump, uma vez que o magnata promete aumentar medidas protecionistas tanto nas importações quanto na imigração. O impacto dessas medidas age diretamente no setor, uma vez que grande parte de sua receita vem do exterior e ele emprega imigrantes qualificados.

Em meio a essa gangorra, o Dow Jones fechou em alta de 0,11% (+21,03 pontos), aos 18.868,69 pontos. O S&P 500, no entanto, após um dia marcado por volatilidade, ficou quase estável, em baixa de 0,01% (-0,25 ponto), aos 2.164,20 pontos. Já o Nasdaq recuou 0,36% (-18,71 pontos), aos 5.218,40 pontos, puxado pelas principais empresas de tecnologia.

Entre as ações que tiveram uma boa segunda-feira estavam as do J.P. Morgan Chase e do Goldman Sachs, que subiram 2,82% e 5,24%, respectivamente.

"Os investidores automaticamente presumiram que uma administração Trump significa mais crescimento, mais gastos e mais inflação - todas boas para os mercados acionários", afirmou Sean Lynch, do Wells Fargo.

Ele pondera, no entanto, que há passos que poderão ser dolorosos quando Trump tentar revigorar o país. "As políticas dele podem não ter o impacto pretendido ou podem ser implementadas de uma forma que não será tão benéfica quando as pessoas estão prevendo", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires