Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Cegonheiros fazem protesto em rodovias do País

Na manhã desta terça-feira, 5, motoristas de caminhões cegonha saíram em carreata para protestar contra os efeitos da crise econômica brasileira. A manifestação organizada pelo Sindicato Nacional dos Cegonheiros teve início por volta das 10h nas rodovias dos Imigrantes, em São Paulo, e BR-290, também conhecida como Freeway, no Rio Grande do Sul.

O presidente do sindicato, José Ronaldo Marques da Silva, afirma que o efervescente ambiente político aprofunda ainda mais a crise econômica brasileira, fechando milhares de postos de trabalho. Segundo o sindicato, o volume de negócios e o número de viagens caíram em torno de 60% apenas no primeiro trimestre deste ano no setor de cegonhas. "A queda de confiança do consumidor reduz cada vez mais o volume de vendas de veículos. Para se adequar à demanda do mercado, as montadoras adotam medidas para diminuir a produção de veículos. E isso afeta diretamente os nossos negócios", afirma Silva.

De acordo com o sindicalista, centenas de carretas paradas, pois transportam exclusivamente carros. "Trata-se de uma categoria específica. Não é possível procurar outras opções de cargas para minimizar os prejuízos", diz. Em nota divulgada à imprensa, a entidade afirma que é necessária a implantação de medidas urgentes para que a vida do país volte ao normal.

Em São Paulo, o protesto teve início no município de São Bernardo do Campo, onde está o estacionamento do Sindicato Nacional dos Cegonheiros. Até as 11h, ao menos 300 carretas participavam do ato que ocupava uma faixa da pista sentido a capital paulista da rodovia dos Imigrantes, segundo a Ecovias, concessionária que administra a via. Em todo o trajeto, os veículos percorrerão cerca de 80 quilômetros, passando pela avenida Tancredo Neves e retornando pela rodovia Anchieta.

No Rio Grande do Sul, o protesto também ocupava uma faixa da pista da Freeway sentido Porto Alegre. A carreata com cerca de 60 caminhões teve início na cidade de Gravataí.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo