Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

China e França aprofundam cooperação no setor financeiro e em energia renovável

China e a França concordaram em aprofundar a cooperação nas áreas financeira e de energia renovável, afirmou o Ministério das Finanças de Pequim nesta terça-feira. O governo chinês elevará a cota por meio da qual investidores franceses podem participar do programa Investidor Institucional Estrangeiro Qualificado em Yuan, disse o ministério em comunicado em seu site.

O programa, que permite que os estrangeiros invistam yuan offshore em ações chinesas, bônus e outros produtos, foi aberto a investidores franceses em 2014.

Os dois países concordaram em promover Paris como um importante centro para o uso do yuan e a emissão de bônus panda na zona do euro, disse o comunicado. O governo francês encorajará mais instituições a emitir bônus panda, ou dívida em yuan vendida por companhias estrangeiras no mercado doméstico chinês, disse o comunicado.

Os acordos foram fechados após uma reunião entre o vice-premiê chinês, Ma Kai, e o ministro das Finanças francês, Michel Sapin, na segunda-feira em Paris, segundo o comunicado. As duas autoridades pretendem também aumentar a cooperação no setor energético, inclusive na energia nuclear, solar e eólica, diz o texto. Fonte: Dow Jones Newswires.