Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

China emite diretrizes para reduzir riscos no setor de gerenciamento de ativos

Os reguladores financeiros da China emitiram diretrizes preliminares nesta sexta-feira para o crescente setor de gerenciamento de ativos, na mais recente medida para redução de riscos no país. As normas, emitidas conjuntamente pelo Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) e por reguladores de títulos, seguros, bancários e cambiais, mostram um conjunto unificado de regulações para o setor.

As regras apresentadas exigem que as instituições financeiras mantenham reservas livres de riscos iguais a 10% da receita das taxas de produtos de gerenciamento de ativos, segundo comunicado divulgado pelo PBoC. Antes, esse nível de exigência variava de setor para setor.

As regras também restringem o nível de alavancagem dos produtos, com ativos totais de fundos oferecidos publicamente limitados a 140% de seus ativos líquidos. Os fundos oferecidos privadamente terão limite de 200% dos ativos líquidos. As instituições financeiras são proibidas de investir direta ou indiretamente em ativos de crédito detidos por outras instituições financeiras, afirmam ainda os reguladores. Também é proibido oferecer um retorno garantido aos ativos gerenciados, o que é uma prática comum em muitos bancos chineses. Fonte: Dow Jones Newswires.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo