Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

DF teve maior PIB per capita no País em 2014, seguido por São Paulo, diz IBGE

O maior PIB per capita no País em 2014 foi o do Distrito Federal, que alcançou R$ 69.216,80, seguido por São Paulo (R$ 42.197,87) e Rio de Janeiro (R$ 40.767,26). Os dados são das Contas Regionais, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o IBGE, o Distrito Federal é considerado um caso peculiar, por ser a capital federal e ter uma população relativamente pequena.

No extremo oposto, os resultados mais baixos para o PIB per capita foram do Maranhão (R$ 11.216,37), Piauí (R$ 11.808,08), Alagoas (R$ 12.335,44), Paraíba (R$ 13.422,42), Ceará (R$ 14.255,05) e Bahia (R$ 14.803.95). Todos concentrados na região Nordeste, responsáveis por 20,4% da população brasileira, mas detentores de somente 9,7% do PIB do País.

Considerando o resultado por região, os maiores PIBs per capita foram do Amazonas (Norte); Sergipe (Nordeste); São Paulo (Sudeste); Santa Catarina (Sul) e Mato Grosso (Centro-Oeste, excluindo o Distrito Federal).

Administração pública

A administração pública ainda respondia por praticamente um quarto da economia das regiões Norte (24,7%), Nordeste (24,3%) e Centro-Oeste (25,9%) em 2014. Os dados são das Contas Regionais, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Ou seja, esses estados são bastante dependentes dessa atividade de administração pública", ressaltou Frederico Cunha, gerente da Coordenação de Contas Nacionais do IBGE.

Sul e Sudeste seguem com pequena participação da administração pública na economia, 13,8% e 12,7%, respectivamente.

As Unidades da Federação com maior peso do governo no PIB foram Roraima (45,8%),

Amapá (44,3%) e Distrito Federal (43,1%). O estado com a menor participação da administração pública foi São Paulo, apenas 9,7% do PIB local.