Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Em gráfico, Greca tenta justificar passagem a R$ 4,25

(Foto: Divulgação) - Em gráfico, Greca tenta justificar passagem a R$ 4,25
(Foto: Divulgação)

O prefeito Rafael Greca (PMN) divulgou em sua página no Facebook, um gráfico onde justifica o aumento da passagem de R$ 3,70 para R$ 4,25. A divulgação vem um dia após o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) suspender o reajuste do transporte coletivo de Curitiba.

Segundo a divulgação de Greca, os custos foram apresentados considerando o período de fevereiro de 2017 a fevereiro de 2018, ou seja, quando um novo reajuste pode ser feito pela administração municipal.

De acordo com o gráfico, 53,77% da tarifa é destinada ao pagamento dos salários e encargos de motoristas, cobradores e funcionários do transporte, além de atender aos ‘custos administrativos’. O segundo maior gasto é de 15,53%, com combustível e lubrificantes.

A Urbanização de Curitiba (Urbs) se negou a voltar o valor da passagem para R$ 3,70 e disse que vai recorrer da decisão do TCE-PR.