Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Indústria madeireira discute queda do dólar

(Foto: RBJ Notícias) - Indústria madeireira discute queda do dólar
(Foto: RBJ Notícias)

Empresários associados à Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (ABIMCI) se reuniram para discutir o mercado e os impactos da alta do dólar.

Além da ampliação da participação da produção nacional nos mercados externo os empresários começam a se preocupar com o eventual aumento no custo de produção, a variação cambial e o ritmo da economia.

O presidente da associação, José Carlos Januário destacou que atualmente o segmento ampliou consideravelmente a inserção de seus produtos nos mercados dos Estados Unidos, Europa e Caribe. Isso se deve ao fato de que empresas de médio e pequeno porte, que até então destinavam sua produção para o mercado interno, direcionaram a atenção para o comércio exterior.

O dirigente comentou ainda que o aumento no custo da produção está aumentando com a queda do dólar e pode gerar menor competitividade das indústrias brasileiras no exterior. Januário aponta a adoção de medidas de revisão dos preços como uma alternativa para que as empresas tenham condição de sobreviver e voltar a crescer. Além disso, a expectativa é que o mercado externo aumente a demanda.

Produção

Palmas foi apontada como o maior polo produtor e exportador de compensados do pais, responsável por 33% de todo volume vendido ao mercado externo. Por conta disso, o município não sentiu os impactos da crise como as demais regiões.

“Palmas tem que sentir orgulho disso. A comunidade, de repente, não tem a noção do que as empresas representam para o município. São empreendedoras que desafiam as crises em todas as épocas, gerando empresa e riquezas e sempre procurando dar sequencia ao futuro do segmento. Isso é um fato de alegria para todos nós que continuamos produzindo”, disse o empresário.

Colaboração RBJ Notícias