Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

IPC-Fipe desacelera um pouco e sobe 0,30% na 2ª quadrissemana de novembro

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,30% na segunda quadrissemana de novembro, mostrando leve desaceleração ante a primeira quadrissemana do mês, quando registrou alta de 0,33%, segundo dados divulgados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na segunda leitura de novembro, os preços de Alimentação tiveram queda de 0,58%, mais acentuada do que a baixa de 0,41% observada na prévia anterior.

Além disso, os custos de três dos sete componentes do IPC avançaram com menos força do que na primeira quadrissemana. No caso de Transportes, houve alta de 0,67% na segunda quadrissemana de novembro, ante ganho de 0,72% na quadrissemana anterior. Em Saúde, o aumento dos preços diminuiu para 0,53% na segunda quadrissemana, de 0,61% na primeira quadrissemana, e em Educação, de +0,11% para +0,10%.

Por outro lado, subiram em ritmo mais rápido os itens Habitação (de +0,35% para +0,41%) e Despesas Pessoais (de +1,05% para +1,10%). Já os preços de Vestuário aumentaram 0,49%, repetindo a variação da primeira quadrissemana.

Veja como ficaram os componentes do IPC na segunda quadrissemana de novembro:

Habitação: 0,41%

Alimentação: -0,58%

Transportes: 0,67%

Despesas Pessoais: 1,10%

Saúde: 0,53%

Vestuário: 0,49%

Educação: 0,10%

Índice Geral: 0,30%