Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ipem divulga balanço da Operação Volta às Aulas e Operação Verão

(Foto: Divulgação / Ipem-PR) - Ipem divulga balanço da Operação Volta às Aulas e Operação Verão
(Foto: Divulgação / Ipem-PR)

Com o objetivo de coibir a venda de produtos fora dos requisitos estabelecidos pelo Inmetro, o Instituto de Pesos e Medidas do Paraná fiscalizou mais de 360 materiais escolares e fez mais de 700 exames de laboratórios durante a Operação Volta às Aulas e a Operação Verão.

Na Operação Volta às Aulas foram fiscalizadas 367 unidades, entre cadernos, lápis de cor, papel sulfite, cola, papel almaço, giz de cera, clips, corretivo líquido, caneta, entre outros. Foram reprovados seis produtos, dois por falta quantitativa e quatro por irregularidades na embalagem.

Na Operação Verão, foram feitos 707 exames de laboratório, e nos locais de revenda foram fiscalizados 144 itens, entre repelente spray, antitranspirante, protetor solar, sorvetes, sucos, picolés, bloqueador solar, entre outros. Foram reprovados quatro produtos por falta quantitativa e 14 por irregularidade na embalagem dos produtos.

Além de realizar exames preliminares, na duas Operações, para conferir se as quantidades indicadas nas embalagens dos produtos correspondem à realidade apresentada, as equipes de fiscalização também verificam se os fabricantes estão indicando as informações obrigatórias nos rótulos dos produtos, bem como se alguns dos materiais escolares certificados apresentaram o selo de segurança do Inmetro.

As empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa junto ao Ipem-PR. A penalidade é definida pelo Instituto, e pode variar entre R$ 100 a R$ 1,5 milhão, podendo ser agravada em caso de reincidência.

Com informações da AEN