Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Juros rondam estabilidade, em dia de agenda fraca e antes de leilão do Tesouro

Os juros futuros rondam a estabilidade na manhã desta quinta-feira, 3, com os mais curtos exibindo viés de queda, em dia de agenda doméstica fraca, enquanto o dólar tinha desvalorização moderada em relação ao real. Como fator que pode pressionar as taxas para cima está o leilão de títulos que o Tesouro realiza nesta quinta (11 horas). O Tesouro oferta Letras do Tesouro Nacional (LTN) para os vencimentos de 1/4/2017, 1/10/2018 e 1/7/2020; e Notas do Tesouro Nacional - Série F (NTN-F) para os vencimentos de 1/1/2023 e 1/1/2027.

Às 9h37, o DI para janeiro de 2018 exibia 12,23%, de 12,25% no ajuste anterior. O vencimento para janeiro de 2021 estava em 11,43, de 11,42% no ajuste anterior.

Também no radar está a possibilidade de nova rodada de repatriação de recursos ilegais no exterior, cujo prazo encerrou na última segunda-feira. Na terça-feira à noite, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que essa possibilidade existe e, no dia seguinte, Renan Calheiros disse que se comprometeu a apresentar um projeto para reabrir o prazo de repatriação em 2017.

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta as atividades com o julgamento da ação que pede que réus sejam impedidos de ocupar cargos na linha sucessória da Presidência da República, o que poderia ameaçar o cargo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).