Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Meta de inflação fique 'talvez em 4%', diz Temer

O presidente da República, Michel Temer, ao comentar o atual momento de queda dos preços, lembrou que o Conselho Monetário Nacional (CMN) vai definir a meta de inflação para os próximos anos em junho e que esse número pode ficar abaixo do patamar atual, de 4,5%. Segundo ele, o centro da meta fique "talvez em 4%" ou até menos no longo prazo.

A declaração foi dada durante evento para anunciar a liberação de milho dos estoques governamentais.

A discussão sobre a nova meta de inflação ganhou corpo no final do mês passado, quando o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, disse que o Brasil poderia caminhar para, no longo prazo, ter um objetivo mais parecido com outras economias emergentes, em torno de 3%.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, também comentou o tema recentemente, mas ressaltou que ainda não sabia qual seria a proposta formal levada pelo BC ao CMN.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo