Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

México diz que não há necessidade de "medidas prematuras" após vitória de Trump

As autoridades do setor financeiro do México demonstraram confiança nesta quarta-feira de que o país será capaz de lidar com a tempestade gerada pela surpreendente vitória do republicano Donald Trump na eleição presidencial dos Estados Unidos, que levou o peso mexicano a mínimas recordes.

O ministro das Finanças, José Antonio Meade, disse que o país enfrenta o quadro de "uma posição de força" e que não há necessidade de tomar "passos prematuros" em resposta às turbulências do mercado. Ele ressaltou que o país tem baixa inflação e realizou cortes recentes no orçamento para manter o equilíbrio fiscal.

O presidente do BC mexicano, Agustín Carstens, disse que o banco central realizará uma reunião na próxima semana para decidir a resposta à eleição americana. Uma alta na taxa de juros pode evitar uma onda de venda de bônus do governo mexicano. Fonte: Dow Jones Newswires.