Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ministério confirma adiamento de ida de Guedes à CCJ, onde o tema seria a reforma

O Ministério da Economia confirmou o adiamento da ida nesta terça-feira, 26, do ministro Paulo Guedes à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para discutir a proposta de reforma da Previdência. Em nota, o ministério informou que a equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estará à disposição para representar o ministro em audiência marcada para o período da tarde.

Segundo o Ministério da Economia, a ida do ministro à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator da reforma.

A possibilidade do adiamento da audiência de Guedes no colegiado havia sido informada mais cedo pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Uma fonte ouvida pela reportagem explicou que quando a audiência foi marcada, a expectativa era de que o nome do relator fosse definido ainda na sexta-feira passada, o que não ocorreu.

Por isso, a avaliação é que o melhor é esperar por essa definição. O assunto está sendo discutido pelo presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR).

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo