Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Montante de hipotecas em circulação sobe 33,4% aumenta na China, diz PBoC

O Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) afirmou nesta sexta-feira que as hipotecas em circulação no fim do quarto trimestre no país representavam um montante 33,4% maior que aquele de igual período do ano anterior. O montante em circulação no fim de setembro era de 17,930 trilhões de yuans (US$ 265,36 bilhões).

O crescimento das hipotecas em circulação acelerou, já que no fim de junho ele era de 30,9% na comparação anual. Os números saem no momento em que Pequim busca enfrentar os riscos de um mercado imobiliário excessivamente aquecido.

O montante para novas hipotecas ficou em 3,75 trilhões de yuans no período entre janeiro e setembro, 1,38 trilhão de yuans superior ao registrado em igual período do ano passado, disse o PBoC. Isso representa um crescimento anual de cerca de 70% em novos empréstimos hipotecários, segundo cálculos do Wall Street Journal.

O crédito em circulação para todo o setor imobiliário aumentou 25,2% no fim de setembro na comparação anual, para 25,33 trilhões de yuans, disse o banco central. A força do setor imobiliário chinês gera preocupação entre economistas e autoridades, diante ao aumento dos riscos financeiros, o que levou autoridades a agir para reforçar os controles nessa área. Fonte: Dow Jones Newswires.