Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

País precisa de crescimento de forma sustentável, diz presidente da Latam

A presidente da Latam, Claudia Sender, afirmou nesta segunda-feira, 21, que o Brasil precisa promover reformas na legislação trabalhista e tributária e defendeu que o País "não só volte a crescer, mas o faça de maneira sustentável". "O Brasil precisa retomar competitividade e se inserir nas rodas como ator viável", disse a executiva.

O caminho para essa retomada, segundo Claudia, é a execução de reformas. "Hoje a legislação trabalhista não protege trabalhador nem empresa", avaliou. No caso da reforma tributária, a presidente da Latam disse que o custo tributário para as empresas é elevado, engrossando o coro de empresários que a antecederam e também citaram a carga tributária e o custo da burocracia.

Além dessas medidas, Claudia disse que "nunca foi tão urgente" fomentar investimentos e a interação entre público e privado. "Incerteza e pessimismo nos colocaram em um círculo vicioso, com investimentos em compasso de espera, o empregado que para de consumir. Isso está sendo sentido no setor aéreo", afirmou.

Segundo a executiva, um dos principais objetivos da Latam é "voltar a unificar o País" por meio do transporte aéreo, com expansão de malha. Mas, para isso, o País precisa estar alinhado a regulamentações de práticas globais para que o Brasil volte a ser competitivo num contexto internacional.

A presidente da Latam disse ainda que é preciso aumentar distribuição de renda não de forma assistencialista, mas sustentável.