Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Questão do BPC vai exigir nova análise do governo, diz Doria

Apesar do descontentamento manifestado por vários governadores a respeito de alguns temas da reforma da Previdência, o governador de São Paulo, João Doria, disse que os Estados não devem se opor à proposta. "O sentimento é bom, positivo, e algumas recomendações serão oferecidas à equipe econômica", afirmou. "A posição de São Paulo e da bancada do PSDB na Câmara e no Senado será favorável à reforma."

Doria reconheceu que alguns Estados mostraram preocupação com as mudanças no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e na aposentadoria rural. Na avaliação dele, as diferenças regionais podem ser atendidas, desde que não prejudiquem a estrutura da reforma. "Cada governador vai colocar suas questões, pois existem diferenças regionais", disse. "O tema do BPC vai exigir uma nova análise do governo, mas nenhum tema deve travar a reforma", opinou.

Segundo Doria, o governo fez uma apresentação muito completa aos governadores, com a participação de lideranças da Câmara e do Senado. O governador disse ainda que houve uma discussão polêmica, entre os governadores, para integrar a reforma dos militares à proposta da reforma da Previdência.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo