Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Regras da UE forçam BoE a elevar nível de seguro de depósito

Regras da União Europeia levaram o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) a elevar o nível de seguro de depósito voltado para proteger os depositantes, após a votação no Reino Unido pela saída do bloco provocar forte desvalorização na libra. A elevação forçada nesse nível, para 85 mil libras (US$ 106 mil), levou a críticas do presidente do Comitê do Tesouro na Câmara dos Comuns.

Com o argumento de que houve uma "mudança estrutural" no valor da libra, que caiu cerca de 10% frente ao euro desde o voto do Reino Unido para deixar a UE em junho, o BoE anunciou planos para elevar em 10 mil libras o nível de proteção oferecida aos depositantes dos bancos, pelas regras do país.

O banco central do Reino Unido disse em nota que o volta do limite para 85 mil libras, nível que esteve em feito durante quase cinco anos até 3 de julho de 2015, era necessária, ao notar que regras preveem que os membros que não fazem parte do membro, mas sim da UE, alinhem seu sistema de seguro de depósitos com o limite de 100 mil euros.

Presidente do Comitê do Tesouro da Câmara dos Comuns, Andrew Tyrie disse que a mudança criou uma "situação absurda", visto que o Reino Unido já decidiu se retirar da UE, no processo chamado de Brexit. "O Brexit deveria dar ao Reino Unido a oportunidade de estabelecer seu próprio nível de proteção", afirmou ele em comunicado. Na avaliação de Tyrie, a mudança é "uma receita para ainda mais incerteza". Fonte: Dow Jones Newswires.

O novo nível deve entrar em vigor em janeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.