Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Saída de dólares supera entrada em US$ 10,021 bi no ano até dia 1º de abril

(Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas) - Saída de dólares supera entrada em US$ 10,021 bi no ano até dia 1º de abril
(Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas)

O fluxo cambial do ano até o dia 1º de abril ficou no vermelho em US$ 10,021 bilhões ante saldo negativo de US$ 10,392 bilhões visto até o dia 24, conforme divulgou nesta quarta-feira, 6, o Banco Central. Em igual período do ano passado, as entradas superaram os envios em US$ 5,114 bilhões. No início de 2015, os investidores estavam animados com a nova composição da equipe econômica, liderada pelo então ministro da Fazenda, Joaquim Levy.

A retirada de dólares pelo canal financeiro neste ano até o dia 1º de abril foi de US$ 17,303 bilhões. Esse resultado no ano é fruto de entradas no valor de US$ 109,419 bilhões e de envios no total de US$ 126,722 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 7,282 bilhões até o mesmo dia, com importações de US$ 30,586 bilhões e exportações de US$ 37,867 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 7,067 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 10,578 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 20,222 bilhões em outras entradas.

Março

Depois de registrar saídas líquidas inéditas de US$ 9,294 bilhões em fevereiro, o fluxo cambial brasileiro ficou negativo em março em US$ 2,543 bilhões.

A saída de dólares pelo canal financeiro no período foi de US$ 4,280 bilhões, resultado de entradas no valor de US$ 50,946 bilhões e de retiradas no total de US$ 55,226 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo de março ficou positivo em US$ 1,737 bilhão, com importações de US$ 11,412 bilhões e exportações de US$ 13,149 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,963 bilhões em ACC, US$ 2,916 bilhões em PA e US$ 7,270 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana de 28 de março a 1º de abril ficou positivo em US$ 371 milhões, conforme o Banco Central. No período em questão, destaque para o dia 28, quando houve saídas de US$ 1,366 bilhão.

A retirada de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 839 milhões no período, resultado de entradas no valor de US$ 11,497 bilhões e de envios no total de US$ 12,336 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,210 bilhão no período, com importações de US$ 2,824 bilhões e exportações de US$ 4,034 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 669 milhões em ACC, US$ 769 milhões em PA e US$ 2,597 bilhões em outras entradas.

Leilões de linha

O Banco Central registrou venda líquida de US$ 5,165 bilhões em leilão de linha em março. Uma operação de venda no valor de US$ 165 milhões foi contabilizada pelo BC no dia 2 e outra, de US$ 2 bilhões, no dia 11. Isso mostra que o BC comercializou integralmente o lote extra de leilão de linha ofertado no período.

Também foi registrada uma operação no valor de US$ 3 bilhões na contabilidade do BC no dia 29 do mês passado. Em 24 de março, a instituição ofertou um total de US$ 3 bilhões em dois leilões de venda de dólares conjugados com leilões de recompra da moeda estrangeira numa operação de antecipação à rolagem do vencimento de 4 de abril de 2016.

Em janeiro, o BC anunciou que rolaria integralmente os leilões de linha de fevereiro e, no mês passado, repetiu a ação em relação a março. O BC voltou a ofertar dinheiro novo no mercado por meio dessas operações, que são feitas com "lastro" nas reservas internacionais.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo