Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Sebrae lança Cidade Empreendedora durante encontro com prefeitos em Foz do Iguaçu

Divulgação - Sebrae lança Cidade Empreendedora durante encontro em Foz
Divulgação

O Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae/PR, promove o desenvolvimento social e econômico dos municípios por meio do fortalecimento das atividades de micro e pequenas empresas. Nesta sexta-feira (2), o novo edital do programa foi lançado durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos – Gestão 2017/2020, que aconteceu em Foz do Iguaçu. Os gestores municipais também puderam conhecer experiências de um município do Rio de Janeiro que foi transformado após a implantação de políticas públicas que incentivam o ambiente de negócios. 

Reunidos no evento, que foi coordenado pelo Sebrae/PR e governo do Estado, prefeitas e prefeitos conheceram o programa que fomenta o empreendedorismo, a formalização, a melhoria da gestão e o aumento da competitividade de pequenos negócios nos municípios. O diretor de Operações do Sebrae/PR, Julio Cezar Agostini, frisou aos gestores que eles têm o compromisso de implantar decisões que gerem desenvolvimento para a população. “Apostar nas pequenas empresas, que têm muita força e são uma das maiores geradoras de trabalho, da massa salarial e do Produto Interno Bruto, é contribuir com o crescimento da cidade”, afirmou. 

Agostini explicou que, para fortalecer os pequenos negócios nos municípios, é preciso uma estratégia que atue na empresa e no ambiente de negócios. “Neste ambiente, é preciso uma atuação direta dos prefeitos para que criem políticas que desburocratizem a abertura de empresas, que fomentem a inovação, o associativismo, a educação empreendedora e o acesso ao crédito, por exemplo. Investir nos pequenos negócios dá ao prefeito a oportunidade de fazer história e deixar seu legado para o município”, assegurou o diretor do Sebrae/PR. 

O Programa Cidade Empreendedora é uma ferramenta para auxiliar os prefeitos e prefeitas eleitas nas suas gestões. A iniciativa tem duração de três anos e orienta prefeitos e equipes na implantação dos capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa. O edital de chamada pública estará disponível para consulta no dia 2 de janeiro pelo site www.pr.sebrae.com.br/chamadapce, com detalhes para inscrições. 

Prefeito Empreendedor

A apresentação do Cidade Empreendedora contou ainda com a participação de Vinícius Farah Junior, prefeito de Três Rios, no Rio de Janeiro, que recebeu do Sebrae/RJ o Prêmio Prefeito Empreendedor em duas edições, como reconhecimento pelas ações que criou na cidade, que estimulam o empreendedorismo e pequenos negócios.

Durante seus oito anos de mandato, Vinícius elaborou políticas públicas que aperfeiçoaram a gestão municipal, promoveram o desenvolvimento de microempreendedores individuais, de micro, pequenas e grandes empresas. Fez parcerias com entidades, outros municípios, utilizou consultorias do Sebrae, capacitou servidores e formou equipes técnicas. O prefeito ainda concentrou esforços para simplificar a abertura de negócios e organizar as finanças da Prefeitura.

“Tudo isso resultou em uma nova cidade. Proporcionalmente, foi a que mais cresceu no Brasil nos últimos oito anos. Hoje, temos uma forte economia e um caixa mais abastado. Com isso, conseguimos aumentar os investimentos na segurança pública, educação e saúde. A vida em Três Rios mudou e a população está mais feliz”, contou o prefeito.

Números que inspiram

Na administração de Farah Junior, a realidade de Três Rios registrou, por meio de indicadores, diferentes avanços. O orçamento da cidade cresceu 200%, passando de R$ 94 milhões para R$ 340 milhões. A inadimplência de pagamentos do IPTU era de 78%. Hoje, 87% da população está com o imposto em dia.  O estímulo a um ambiente de negócios mais próspero resultou na instalação de quase 2,7 mil novas empresas e uma média de mil novos MEIs a cada ano. Em 2008, a prefeitura registrava 832 cargos de confiança, atualmente são 138. Novos cargos públicos foram criados por meio de quatro concursos públicos, ampliando o funcionalismo de 1,8 mil para 4 mil. 

Para o prefeito da cidade paranaense de Itambaracá, no norte do Estado, Carlos Carvalho, o testemunho de Vinícius o inspirou e o motivou ainda mais a fazer uma gestão eficiente. “Conhecer um prefeito naturalmente empreendedor e responsável pela renovação de seu município foi muito inspirador. Quatro anos passam num piscar de olhos e não posso perder tempo. Tenho planos de incentivar a instalação de indústrias para gerar mais empregos e renda e nos inscrever no Cidade Empreendedora”, admitiu. 

Wenderson Santos, gestor eleito em Boa Esperança, localizada no noroeste do Paraná, confessou que voltará para a sua cidade mais otimista e encorajado a investir em uma equipe gestora que seja qualificada para o desafio. “Não adianta mais você ser um político popular e não ter a técnica necessária. Precisamos pensar no coletivo, ousar e inovar. Os prefeitos precisam estimular a abertura de novas empresas em suas cidades”, afirmou.