Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Apesar de ocupações, MEC considera tranquilo primeiro dia do Enem

(Fotos: João Borges) - Apesar de ocupações, MEC considera tranquilo primeiro dia do Enem
(Fotos: João Borges)

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) transcorreu com tranquilidade na avaliação do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). As provas foram realizadas em 96,86% dos locais de prova. O Inep ainda não tem um balanço das abstenções nem dos candidatos desclassificados por postagens em redes sociais durante a prova ou outro motivo constante no edital.

"Foi bastante tranquilo, mesmo nos locais onde os alunos foram impedidos de comparecer por motivo de invasões e ocupações de escolas", disse a secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro. Em coletiva de imprensa, o Inep confirmou o número divulgado no início da tarde de hoje (5) de que o exame foi cancelado em 405 locais, e 271.033 inscritos tiveram as provas adiadas para 3 e 4 de dezembro.

Em dois locais que constavam na lista de cancelamento, a prova foi realizada: no Campus Amazonas da Universidade Federal do Oeste do Pará, em Santarém, e o Centro de Ensino Médio Ave Branca (Cemab), em Taguatinga, no Distrito Federal. O Inep admitiu o erro. "Foi uma instabilidade muito grande esse processo de ocupação e um desafio para o Inep conseguir encaminhar e-mails e SMS até hoje de manhã", justificou a diretora de Gestão e Planejamento do Inep, Eunice Santos.

O MEC ainda não tem uma previsão de quanto custará o adiamento de algumas das provas para dezembro. Ontem (4), a pasta tinha informado que custará mais que a previsão inicial de cerca de R$ 12 milhões.

Com os cancelamentos, o número total de inscritos aptos a fazer o Enem neste final de semana caiu de 8,6 milhões para aproximadamente 8,4 milhões. Os candidatos fizeram hoje as provas de ciências humanas e de ciências da natureza.

Segundo dia

Hoje, os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. Os estudantes devem ficar atentos ao horário de verão e verificar o horário exato do exame na localidade onde moram. As provas começam a ser aplicadas às 13h30 pelo horário de Brasília.

Os participantes terão cinco horas e meia para resolver questões de linguagens e códigos, redação e matemática.

Colaboração Agência Brasil