Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Após dez dias, estudantes desocupam a UEPG

Após assembleia realizada nesta sexta-feira (28), os estudantes que ocuparam a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) no último dia 19 decidiram que vão deixar o prédio. A ocupação teve início no prédio da Reitoria, mas foi transferido para o Centro de Convivência da UEPG depois do início das negociações.

Em nota divulgada pelo movimento Resistência Estudantil UEPG, o grupo explica que “em reunião de negociação, a Administração Central, na figura do reitor Carlos Luciano Sant'Anna Vargas, se comprometeu a atender, total ou parcialmente, todas as oito demandas apresentadas pelo movimento”. Assim, os estudantes decidiram deixar a UEPG e ainda realizam um novo encontro neste sábado, no auditório do bloco E, para discutir o Plano de Assistência Estudantil e o valor do Restaurante Universitário.

Entre as principais reivindicações dos estudantes, estão um posicionamento oficial da reitoria frente a PEC 241 e a MP do Ensino Médio, negociação do preço do RU, reformulação do Plano de assistência estudantil, transparência dos gastos da Universidade, reformulação da segurança dentro do Campus, apoio às ocupações dos colégios estaduais e suspensão imediata do calendário.

Sobre o último tópico, a UEPG irá aguardar a próxima assembleia da Seção Sindical dos Docentes da UEPG (SindUEPG) para avaliar a convocação do Conselho Universitário, que poderá votar pela suspensão do calendário de atividades da instituição.