Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Colégios são desocupados durante a manhã em Curitiba

(Foto: Divulgação OAB Paraná) - Colégios são desocupados durante a manhã em Curitiba
(Foto: Divulgação OAB Paraná)

Três colégios estaduais de Curitiba foram desocupados na manhã desta sexta-feira (4), após a determinação da reintegração de posse de todas as escolas que estavam ocupadas na capital, ontem (3). Uma comissão com integrantes da OAB Paraná e representantes da Defensoria Pública acompanham as desocupações.

Foram desocupados nesta manhã o Colégio Estadual Dr. Xavier da Silva, no centro, o Colégio Profº Lysimaco Ferreira da Costa, no Água Verde, e o Colégio Estadual João Turin, no Rebouças. Com isso, chega a 33 o número de colégios que continuam ocupados em Curitiba, quantidade que deve diminuir durante a tarde. O último levantamento da secretaria de estado de Educação (Seed) indica que 709 colégios foram desocupados no Paraná e 709 continuam ocupados.

As três desocupações ocorreram de maneira pacífica e durante a vistoria nos prédios os diretores das escolas identificaram depredações, consideradas de “pequena monta”.

Em coletiva, o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, comentou que a Polícia Militar não deve interferir na desocupação dos colégios estaduais. “Seria a última das alternativas, que não pretendemos chegar”, disse. De acordo com ele, a ação da PM será utilizada apenas na ocupação de prédios públicos e órgãos do governo, como aconteceu na semana passada no Núcleo Regional de Educação.

Reintegração

A decisão da juíza Patricia de Almeida Gomes Bergonse determinou a reintegração de posse a 44 colégios estaduais de Curitiba. Caso a desocupação não seja realizada haverá cobrança de multa diária.