Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Confira os melhores lugares para ver a Superlua em Foz do Iguaçu nesta segunda-feira

Paulo Pinto/ Fotos Públicas  - Confira os melhores lugares para ver a Superlua em Foz nesta segunda
Paulo Pinto/ Fotos Públicas

O Polo Astronômico Casimiro Montenegro promove sessão especial para observar a Superlua nesta segunda-feira (14), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Hoje, a lua se encontrará a 48,2 mil quilômetros mais perto da Terra. A última vez que isso ocorreu foi em 1948, sendo que a próxima será em 2034.

São apenas 40 vagas disponíveis e a observação começará às 19h30 e se estenderá até 21h45. Serão disponibilizados telescópios e os especialistas vão explicar o que é o fenômeno, como e por que acontece e desconstruir mitos.

Para participar, basta se inscrever pelo 0800-645-4645 ou pelo site da Itaipu. Para os moradores da região, o ingresso é grátis. Para turistas, R$ 22. O Polo Astronômico fica na avenida Tancredo Neves, 6731, no Jardim Itaipu. 

O coordenador do Polo, Janer Vilaça, informa que, por volta das 19h o Sol ainda estará no céu e a lua do outro lado. “O fenômeno vai até o anoitecer, mas conforme o tempo for passando, a Lua estará mais longe e menor. Por isso, promovemos a sessão especial para que as pessoas possam entender melhor como isso ocorre", diz. 

Para quem não puder ir até o Polo, outra opção é o Gramadão da Vila A. “Qualquer outro local aberto, sem prédios e que tenha segurança é ideal para que as pessoas se aglomerem”, diz. 

O Marco das Três Fronteiras, do lado da Argentina e Paraguai, também permitirá vistas privilegiadas.  “Na Argentina é um bom lugar, porque as pessoas estarão do outro lado do rio e conseguirão ver o Leste. Do lado brasileiro não é muito aconselhável, porque é no meio da mata”, explica.

Com exceção do eclipse da Superlua de 2015, não houve nem haverá por muito tempo uma lua cheia tão especial, mesmo que curiosamente tenhamos tido três Superluas consecutivas em três meses, a anterior ocorreu em 16 de outubro e a última será no dia 14 de dezembro.

Colaboração: Agência Brasil.