Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Escolas estaduais promovem ações de combate ao bullying

(Foto: SMCS) - Escolas estaduais promovem ações de combate ao bullying
(Foto: SMCS)

Os estudantes do Colégio Estadual São Cristóvão, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, promoveram nessa quinta-feira (7) uma mesa-redonda para debater sobre o bullying e compartilhar experiências vivenciadas sobre o assunto. A iniciativa é uma das ações realizadas pelas escolas estaduais para marcar o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola. 

A proposta trouxe à tona questões para enfrentar situações de violência na escola e até mesmo na sociedade. “Trabalhar maneiras de combater o bullying e a violência na escola é importante para mudar aspectos culturais que são reforçados no dia a dia sem que percebamos. Essa reflexão é o primeiro passo para construirmos uma cultura baseada no respeito ao próximo”, explicou a professora de sociologia, Lucineli Siqueira. 

Ao final de palestra sobre o tema cada aluno voltou para a sala com uma missão: repassar aos demais colegas as orientações para combater o bullying. “As informações que compartilhamos nos ajudam a perceber que pequenas atitudes, que para nós parecem brincadeiras, podem magoar e machucar os nossos colegas”, lembrou o aluno Andriws Gustavo da Silva, 15 anos, do 2° ano do ensino médio. 

No colégio São Cristóvão o tema é trabalhado de maneira interdisciplinar no cotidiano escolar. Segundo a estudante Wanessa de Almeida, 17 anos, também do 2° ano do ensino médio, o debate reforça a conscientização sobre o respeito ao diferente. “Em muitos casos a prática do bullying acontece por não aceitarmos as coisas diferentes do padrão estabelecido pela sociedade”, lembrou Wanessa. 

As próprias instituições de ensino definiram as atividades para trabalhar o tema e receberam orientações das equipes técnicas da Secretaria de Estado da Educação e dos Núcleos Regionais de Educação. O objetivo é fortalecer políticas públicas em prol da defesa e garantia dos direitos de crianças e adolescente.

“A escola tem um papel fundamental para fortalecermos esse debate e buscarmos combater o bullying dentro e fora do ambiente escolar”, disse a secretária da Educação, professora Ana Seres. 

A Secretaria da Educação trabalha diretamente com as escolas as questões relacionadas à prevenção e enfrentamento às violências no ambiente escolar. Entre as ações da Pasta destacam-se a formação continuada dos profissionais da educação, presencial ou a distância, por meio de seminários, reuniões técnicas, fóruns, palestras e oficinas, em que são abordados os principais aspectos das violências. 

Dia Nacional

O dia 7 de abril foi instituído como Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola pela Lei 3015/11. A medida determina práticas pedagógicas que envolva as instituições de ensino no debate do combate ao bullying e à violência escolar no Brasil. 

No Paraná, foi instituída a Lei nº 17. 335, de 10 de outubro de 2012, que fortalece o combate ao bullying nas escolas públicas e privadas do Estado. A lei estadual é similar à federal, trazendo mudanças quanto às competências das instituições de ensino e a elaboração de um plano de ação com medidas preventivas ao bulllying.

Colaboração AENPr.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo