Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Estudantes recebem intimações para desocupar colégios

Estudantes recebem intimações para desocupar colégios

Após a decisão judicial assinada pelas juízas das 1ª e 2ª Vara da Fazenda Pública, que determinou a desocupação de 21 das 26 instituições de ensino ocupadas em Ponta Grossa, os estudantes começaram a receber as intimações para deixar os colégios na manhã desta terça-feira (25). A partir da notificação oficial, os alunos têm 24 horas para deixar os colégios.

Uma comissão formada por advogados do movimento de ocupação das escolas, Patrulha Escolar, Conselho Tutelar e da seção de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Ponta Grossa (OAB-PG) foi montada para acompanhar o oficial de justiça na entrega das intimações.

Até o início da tarde, pelo menos cinco colégios já haviam recebido a notificação para desocupar os espaços públicos. O membro da OAB-PG Pedro Miranda acompanhou os trabalhos e garantiu que “ninguém está deslegitimando as reivindicações, estas são legítimas, o que se está colocando em questão são as ocupações”.

Caso a ordem judicial não seja cumprida, os alunos menores de idade serão encaminhados pelo Conselho Tutelar e entregues aos responsáveis. No caso dos maiores de 18 anos, será analisada a necessidade do uso de força policial. Os estudantes organizam assembleias em cada uma das escolas para definir o futuro do movimento.

Colaboração Priscila Koteski / Rede Massa.