Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Governo diz que vai lançar as faltas pela greve dos professores

(Foto: APP-Sindicato) - Governo diz que vai lançar as faltas pela greve dos professores
(Foto: APP-Sindicato)

Após os professores estaduais decidirem em assembleia entrar em greve a partir do dia 15 de março, o Governo do Paraná lançou nota dizendo que lamenta a decisão e que a partir do momento em que a greve começar, serão lançadas as faltas dos professores.

De acordo com a nota, a decisão do sindicato dos professores "prejudica mais de um milhão de alunos da rede pública estadual do Paraná e suas famílias", além disso, o governo diz que "as últimas paralisações deixaram prejuízos próximos a R$ 100 milhões, em contratações de temporários para reposição de aulas, merenda estragada e transporte escolar fora do período letivo tradicional".

A Secretaria de Estado da Educação informou ainda que as resoluções que tratam da distribuição de aulas têm amparo legal e que o Estado implantou as promoções e progressões em janeiro, conforme acordado com a categoria e, portanto, não vê necessidade de paralisação.

Com informações da AEN