Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Londrina tem 28 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Astronomia

(Foto: Divulgação) - Londrina tem 28 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Astronomia
(Foto: Divulgação)

A Rede Municipal de Ensino de Londrina teve 28 alunos premiados com certificados e medalhas de ouro, prata e bronze na 19ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Os alunos contemplados são do 3º ao 5º ano das escolas municipais da Vila Brasil, Mercedes Martins Madureira e Suely Ideriha. Uma solenidade de entrega dos certificados e medalhas aos alunos vencedores será realizada no dia 4 de novembro, às 10 horas, no gabinete da secretária municipal de Educação, Janet Thomas.

Os alunos que foram premiados no evento realizaram uma prova em maio deste ano, mas o resultado oficial foi divulgado somente nos últimos dias. A avaliação teve a participação de 744.107 alunos, distribuídos em 7.895 escolas de todo o Brasil. Em Londrina, 17 escolas, incluindo as três unidades municipais, tiveram estudantes premiados.

Das 28 medalhas conquistadas pelas escolas municipais nesta edição da OBA, 14 são de ouro, 8 de prata e 6 de bronze. Desde 2013, Londrina já teve 187 alunos de escolas municipais premiados neste evento nacional.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Janet Thomas, o reconhecimento obtido pelos alunos em um evento nacional é importante, pois estimula o interesse pelos estudos e abre o leque de opções de novas áreas de conhecimento e perspectivas. “Os alunos que participam da prova e são premiados ganham mais vontade para estudar e ainda servem como modelo para os alunos mais novos. Também é importante ressaltar o trabalho de mobilização dos professores e diretores que tomam a iniciativa de inscrever seus alunos no evento”, destacou.

Segundo a professora do Apoio Pedagógico de Ciências da Secretaria Municipal de Educação, Cristina da Silva Borba, o rendimento dos alunos na prova e a premiação conquistada é uma excelente forma de incentivo para toda a rede municipal de educação. “É fantástico poder ver nossos alunos tendo um bom desempenho e recebendo medalhas neste evento. Isso reflete o excelente trabalho que é desenvolvido pelos professores em sala de aula, pois grande parte dos conteúdos aplicados na prova integra a grade curricular de Ciências das escolas. As premiações dos alunos podem servir para motivar mais escolas e alunos a participar das próximas edições dessa Olímpiada”, frisou.

Incentivo

A Escola Municipal Mercedes Martins Madureira, no Jardim Shangri-lá, região oeste, já participa há oito anos da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Nesta edição do evento, a unidade escolar ganhou seis medalhas, sendo todas elas de ouro. Todos os anos, os alunos da escola são incentivados a realizar a prova, mas principalmente a nutrir o gosto pelos estudos. Quando a avaliação chega para a escola, as questões são analisadas pelos professores, que começam a abordar os conteúdos com os alunos, estimulando-os a fazerem resolução de questões sobre os temas.

De acordo com Ivone Rumiato Aguilar, professora do 5º ano, e coordenadora do projeto dentro da escola municipal desde seu início, a premiação oferecida é uma grande motivação para os alunos, que passam a se esforçar mais e, assim, buscam adquirir mais conhecimentos. “A vontade de conquistar o prêmio é grande e isso influencia outras crianças a também tentar. No entanto, o mais interessante de todo o processo é ver os alunos se empenhando e querendo evoluir. Nesses anos, acompanhei a trajetória de alunos que se interessaram tanto pelas ciências que hoje já estão prestando vestibular e conseguindo obter êxito com aprovação para cursos das áreas afins. Isso nos enche de orgulho”, contou.

Sobre a OBA

Trata-se de um evento aberto a escolas públicas e privadas, urbanas e rurais, para alunos do 1o ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio. O propósito central é estimular o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, proporcionando a difusão desses conhecimentos de forma lúdica e cooperativa. Isso ocorre por meio de uma grande mobilização nacional que envolve, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas. Mais informações e notícias sobre o evento podem ser encontradas no endereço eletrônico www.oba.org.br .

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB), com recursos principalmente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Medalhas das escolas municipais de Londrina na XIX OBA

ESCOLAS MUNICIPAIS
Nº Alunos
OURO
PRATA
BRONZE
Escola Municipal da Vila Brasil
13
1
6
6
Escola Municipal Mercedes M. Madureira
6
6
00
Escola Municipal Suely Ideriha
9
7
2
0
TOTAL de medalhas
28
14
8
6