Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ministério Público Federal pede suspensão do Enem

(Foto: João Borges / Divulgação) - Ministério Público Federal pede suspensão do Enem
(Foto: João Borges / Divulgação)

O procurador da República Oscar Costa Filho, do Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, pediu a suspensão da aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) marcado para o próximo fim de semana (dias 5 e 6). O argumento apresentado para a suspensão é o adiamento do exame para os candidatos que devem fazer a prova em locais que estão ocupados.

O pedido será julgado até sexta-feira (4) pela 8ª Vara da Justiça Federal no Ceará e, se aceita, a suspensão irá valer para todo o país.

Em nota, o Ministério da Educação (Mec) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informam “que solicitaram à Advocacia Geral da União que apresente para a Justiça Federal os fatos que demonstram o grave equívoco na argumentação apresentada pelo Procurador da República Oscar Costa Filho, do Ceará”.

Os órgãos ainda classificaram a ação como “lamentável”, por ser uma “tentativa que venha gerar insegurança e tumultuar um Exame que afeta a vida de 8,6 milhões de estudantes e seus familiares”. De acordo com a nota, todos os anos o exame realiza dois tipos de prova e duas redações, que têm “o mesmo princípio da equivalência garantindo igualdade de condições a todos os inscritos.”