Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pais visitam colégios ocupados após morte de aluno em Curitiba

Após a morte de um adolescente de 16 anos nessa segunda-feira (24) em uma escola ocupada em Curitiba, pais de estudantes que participam do movimento de ocupação em instituições de Maringá passaram nos locais para averiguar a segurança dos filhos.

O Presidente da União Maringaense dos Estudantes Secundaristas (Umes), Luís Machado, declarou que a segurança nas instituições ocupadas continua da mesma maneira como era feita anteriormente, ou seja, com os próprios estudantes fazendo rondas pelos locais.

Para Luís, a tragédia em Curitiba foi um registro isolado, já que são centenas de escolas ocupadas no Estado. Ele afirma que os pais estão convidados a comparecer nos locais para verificarem a situação dos estudantes.

Em Maringá são 17 instituições ocupadas e 14 na região. No Paraná, estima-se cerca de 900 locais tomados pelo movimento. Nesta quarta-feira (26) haverá uma assembleia geral em Curitiba para decidir os rumos das ocupações.

Colaboração: Célia Martinez da Rede Massa.