Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pesquisadores da UFPR criam código de cores para pessoas cegas e com baixa visão

(Foto: Vinicius do Prado) - Pesquisadores da UFPR criam código de cores para pessoas cegas
(Foto: Vinicius do Prado)

Pessoas cegas ou com baixa têm à disposição um novo dispositivo que auxilia na identificação de cores. O sistema foi desenvolvido por pesquisadores da área de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O diferencial do Sistema de Código de Leitura de Cores é a inspiração no Sistema Braille, o que o torna universal. Ele foi desenvolvido para que pessoas com limitações visuais possam identificar as cores de uma forma simplificada.

“A ideia é contribuir para tornar a sociedade mais inclusiva. Uma sociedade na qual uma pessoa cega não precise depender de alguém para escolher a cor da sua roupa, por exemplo”, comenta a doutoranda Sandra Regina Marchi, cujo trabalho deu origem ao novo sistema.

O código pode ser impresso diretamente sobre objetos, obras de arte, etiquetas, embalagens em geral ou colados sobre os produtos de diversos materiais, tais como plásticos, acrílicos, vidros, madeiras, metais, cerâmicas, pedras, papéis, couro, materiais orgânicos e tecidos. Desse modo o usuário do código poderá ter acesso às informações de cor sem necessitar de auxílio, explica Marchi.

“Como resultado da aplicação desta pesquisa, espera-se que as empresas agora possam usufruir deste conhecimento, ampliando a acessibilidade dos seus produtos, por meio da incorporação desta tecnologia no dia a dia das pessoas com baixa visão e cegas”, diz a pesquisadora.

Colaboração UFPR