Formação continuada profissional abre portas para o mercado de trabalho

Para quem busca entrar no mercado de trabalho ou se reinventar profissionalmente, a formação continuada apresenta-se como uma excelente escolha. Para os jovens, que estão em busca do primeiro emprego, os cursos de qualificação profissional muitas vezes são utilizados como uma estratégia para iniciar um projeto de vida, abrindo portas para iniciar a carreira em uma empresa já consolidada e reconhecida pelo mercado. Já para os mais maduros, que sentem a necessidade de uma nova formação até como uma alternativa para se reinventar profissionalmente, iniciar um curso de curta duração, para qualificação ou aperfeiçoamento profissional, também pode ser escolha segura e com boas chances de sucesso.

Disponível para todas as pessoas que já concluíram ou estão concluindo a Educação Básica, os cursos rápidos ou de curta duração, como também são conhecidos, estão divididos em Qualificação ou Aperfeiçoamento Profissional. O primeiro é ideal para quem quer aprender novas habilidades ou iniciar uma carreira rapidamente. Já o segundo, é voltado para quem deseja ampliar conhecimentos, dominar novas técnicas e evoluir na profissão.

Para quem busca qualificação, mas está desprovido de condições financeiras, o Senai Paraná também oferece diversos cursos de Aperfeiçoamento e Qualificação Profissional de maneira gratuita. Para conferir as opções de cursos disponível você pode acessar o site: sistemafiep.com.br/gratuidade.

Pesquisa aponta que egressos do Senai Paraná conseguem emprego em até seis meses

Em termos de reconhecimento e empregabilidade, a Pesquisa de Acompanhamento de Egressos 2019/2021, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), revelou que em cada dez alunos formados pela instituição, sete estão empregados.

Em 2020, uma pesquisa encomendada pelo Sistema Fiep à FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) e executada pela Paraná Pesquisas revelou que 62% dos alunos matriculados no Senai Paraná consegue um emprego em até 6 meses.

Além disso, têm 50% mais chances de trabalho com carteira assinada e as oportunidades de promoção também são maiores: 34%. Afinal, além de ser referência em formação profissional para a indústria, a instituição é um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior da América Latina.

Até 2025 o Paraná vai precisar qualificar mais de 830 mil pessoas em ocupações industriais

Se você ficou animado com o que leu até agora, saiba que, somente o Paraná, segundo dados do Mapa do Trabalho Industrial 2022-2025, vai precisar qualificar, até 2025, cerca de 833,5 mil pessoas em ocupações industriais, sendo 487.119 exclusivamente em cursos de qualificação e aperfeiçoamento profissional. O estudo, realizado pelo Observatório Nacional da Indústria, identifica demandas futuras por mão de obra e orientar a formação profissional de base industrial no país.

Entre as áreas com maior demanda por formação estão: Metalmecânica; Logística e Transporte; Alimentos e Bebidas; Construção; Têxtil e Vestuário; Tecnologia da Informação; Automotiva; Madeira e Móveis; Eletroeletrônica; além das ocupações transversais, aquelas que permitem ao profissional atuar em diferentes áreas, como técnico em Segurança do Trabalho, técnico de Apoio em Pesquisa e Desenvolvimento e profissionais da Metrologia, por exemplo. 

São pesquisas como estas, que apontam as necessidades das indústrias com uma visão voltada para o futuro do trabalho, que o Senai toma como referência para orientar a sua entrega de formação profissional para o mercado. E as oportunidades em cursos com vagas gratuitas podem ser encontradas em diversas unidades do Senai Paraná estrategicamente posicionadas pelo estado.

A lista completa pode ser consultada no site sistemafiep.com.br/gratuidade ou diretamente nas secretarias das unidades do Senai pelo Paraná.

Serviço