Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Aplicativo que prometia 'curar gays' é removido da App Store

(Foto: Divulgação/Apple) - Aplicativo que prometia 'curar gays' é removido da App Store
(Foto: Divulgação/Apple)

A Apple removeu nesta semana um aplicativo religioso gratuito que prometia “curar gays”. O app foi criado pelo Living Hope Ministries, um grupo religioso localizado em Arlington, no estado americano do Texas.

A ideia do “recurso” era oferecer um “relacionamento mais íntimo com Jesus Cristo”, com o objetivo de mudar a orientação sexual de uma pessoa. Após a organização sem fins lucrativos Truth Wins Out identificar o aplicativo, a associação fez uma petição para que ele fosse banido da loja virtual.

Entre entrevista à NBC News, o diretor executivo do grupo que criou o app disse que suas intenções estão sendo mal interpretadas. “Acho lamentável que o grupo de defesa de direitos não saiba o que fazemos e presuma que somos uma organização de ódio. Nós não somos. Nós amamos indivíduos que se identificam como gays”, disse Ricky Chelette.  

Chelette disse que chegou a se atrair por homens nos anos 80 mas, desde então, teve sua vida modificada devido a suas experiências religiosas. "Tentamos ajudar as pessoas que estão em conflito com sua fé e sentimentos", afirmou ele.

Informações Cult Of Mac

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo