Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Erva-mate vira tinta para crianças

Erva-mate vira tinta para crianças

Uma nova cor que retrata a natureza agora integra a paleta de tintas orgânicas de uma startup carioca: o verde erva-mate, com cor de jardim - de Mata Atlântica, de Floresta de Araucárias -, foi incluído nos pigmentos vegetais da marca Mancha, que também conta com produtos à base de cacau, açafrão e urucum.

A ideia do produto é oferecer uma brincadeira saudável e sem limites para todas as crianças: colorir, divertir e criar boas memóriascom recursos que vêm da natureza. Para a nova cor, a marca buscou a Araucária+, iniciativa – criada a partir da parceria da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e da Fundação CERTI – que tem como objetivo gerar inovação em negócios que contribuem para a conservação da Floresta com Araucárias, um dos ecossistemas mais ameaçados do Brasil.

Segundo Amon Costa, sócio da Mancha, cada potinho de tinta traz uma história. “Estamos há sete anos aprimorando a formulação da tinta. A tinta de erva-mate é a primeira a ser estruturada dentro de uma cadeia de beneficiamento e manejo responsável. Assim, neste trabalho, carregamos um processo inteiro de vida, preservação e sustentabilidade e, por meio dele, conseguimos mostrar valores presentes na marca da empresa”, comenta.

A Floresta com Araucárias já cobriu boa parte do Sul do Brasil, mas hoje restam menos de 3% da área original. Para contribuir com a conservação desse ecossistema, a iniciativa Araucária+ trabalha com proprietários rurais de Santa Catarina na adoção de um padrão sustentável de produção de erva-mate e pinhão – espécies nativas dessa floresta –, facilitando também a inovação por meio do desenvolvimento de novos produtos com maior valor agregado. Os produtores colhem a erva-mate e uma agroindústria local beneficia as folhas e manda para a Mancha o resíduo do processo de moagem da planta, produzida conforme padrões sustentáveis de produção, contribuindo assim para a conservação de cerca de 180 hectares de Floresta com Araucárias.

“A iniciativa Araucária+ é um exemplo de valorização econômica da floresta que tem dado certo e que pode servir como modelo, ainda mais quando conseguimos conectar o nosso trabalho com projetos tão importantes como esse da Mancha. Buscar novas parcerias e conexões é fundamental para ampliarmos o impacto do Araucária+ e garantirmos, por meio de estratégias de mercado, a conservação da Floresta com Araucárias”, analisa o coordenador de Negócios e Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, Guilherme Karam.

A Mancha desenvolve um produto 100% vegetal, livre de metais pesados e derivados de petróleo, que não coloca em risco a saúde do consumidor e nem polui o meio ambiente. “O resultado é que quando você abre o potinho de tinta, sabe que lá dentro tem também a sua oportunidade de contribuir com a conservação da Floresta com Araucárias e com produtores comprometidos em manejar a floresta de forma adequada, não utilizar agrotóxicos, não realizar queimadas, entre outras ações para contribuir como desenvolvimento territorial sustentável da região”, conta Victor Augusto Moreira, agente articulador da iniciativa Araucária+.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo