Mata Atlântica: desmatamento ilegal reduz 64% no Paraná

Com a colaboração de Agência Estadual de Notícias

A Fundação SOS Mata Atlântica, em parceria com a Arcplan e o MapBiomas, divulgou um relatório indicando que o Paraná reduziu em 64% o desmatamento ilegal no bioma.

mata-atlantica-parana
Foto: José Fernando Ogura/Arquivo AEN

O levantamento, publicado nesta quarta-feira (29), aponta que o estado diminuiu a supressão vegetal entre janeiro e agosto de 2023, no comparativo com o mesmo período do ano passado. Ou seja, o Paraná passou de 2.763 hectares para 992 hectares desflorestados: segundo melhor índice do Brasiç, atrás apenas de Santa Catarina (66%) e superior à média nacional (59%).

Ainda conforme o estudo, o total de eventos relacionados ao desmatamento caiu de 933 para 441, assim com a área média desmatada, de 3 hectares para 2,2 hectares. 

Veja também:

Everton Souza, diretor-presidente do IAT, afirma que o combate ao desmatamento se tornou muito mais intenso nos últimos anos no Paraná e é realizado diariamente por cerca de 600 pessoas. De 2018 até a primeira quinzena de novembro de 2023 foram expedidos 16.282 Autos de Infração Ambiental (AIA), com multas que somam R$ 362 milhões. Desse montante, 3.319 AIA e R$ 102,7 milhões em multas são deste ano.

Todo o valor é repassado ao Fundo Estadual do Meio Ambiente. A reserva financeira tem como finalidade financiar planos, programas ou projetos que objetivem o controle, a preservação, a conservação e a recuperação do meio ambiente.

Paraná tem aumento de cobertura florestal

O Núcleo de Inteligência Geográfica e da Informação (NGI) do IAT, com base em dados de 2021 do MapBiomas, apresentou um estudo que revela que o Paraná teve um aumento significativo de cobertura florestal natural nos últimos anos.

Passou de 54.856 km² em 2017 para 55.061 km² em 2022, uma diferença de 205 km², o equivalente a uma área de 20,5 mil campos de futebol. O Paraná foi o único estado do Sul do país com aumento de cobertura vegetal no período.

Para minimizar cada vez mais os crimes contra a flora silvestre, o ideal é denunciar. O principal canal do Batalhão Ambiental é o Disque-Denúncia 181. Quem pratica o desmatamento ilegal está sujeito a penalidades administrativas previstas na Lei Federal nº 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais) e no Decreto Federal nº 6514/08 (Condutas Infracionais ao Meio Ambiente).

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!
ENTRAR NO GRUPO
Compartilhe essa matéria nas redes sociais
Ative as notificações e fique por dentro das notícias
Ativar notificações
Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia
Alisha
Alorino
Antônio Carlos
Bianca Granado
Camila Santos
Edvaldo Corrêa
Elaine Damasceno
Fabiano Tavares
Gabriel Pianaro
Giselle Suardi
Guilherme C Carneiro
Mateus Afonso
Mauro Mueller
Oseias Gomes
Papai em Dobro
Tais Targa